Tratamento ortodôntico e lesão periapical: qual a contra-indicação

18 de junho de 2018
lesao-periapical-1
Curso Gratuito de Invisalign

Como sabemos existe algumas condições físicas e fisiológicas que impossibilitam o uso de aparelhos ortodônticos, mas será que pessoas que possuem lesões periapicais em algum dente estão impossibilitadas de usar aparelho?

O que é uma lesão periapical?
R: Primeiramente temos que explicar um pouco da anatomia dentária. Como vemos na figura 1, o dente é composto por coroa e raiz, na porção da raiz temos tecidos que envolvem e se relacionam diretamente com a raiz, com o objetivo de estabilizar o dente na sua posição e suportar as forças de impacto que o dente sofre diariamente, como por exemplo a força mastigatória. Temos também o ápice dental, que é a extremidade mais inferior da raiz, é pelo ápice que os tecidos se comunicam com o dente através da polpa do dente que contem nervos e vasos que vão nutrir o dente e mantê-lo vivo. A Lesão periapical, é uma lesão que ocorre nesses tecidos que envolvem e se relacionam diretamente com o ápice dentário, danificando o tecido e vasos presente nessa região.

Existe mais de um tipo de lesão periapical?
R: Sim, existe dois tipos de lesão periapical as inflamatórias e as não inflamatórias. As lesões não inflamatória são aquelas que acontecem naturalmente no nosso organismo, sem causa aparente e que não tem nenhum risco para o nosso dente e caracteriza-se por ser transitória e regride naturalmente. Temos também as lesões inflamatória que ocorrem quando bactérias patogênicas, como por exemplo a bactéria responsável pela cárie, invandem a polpa do dente causando a morte dessa polpa e chegando aos tecidos que circundam a raiz, lesionando esses tecidos, como mostra a figura 2.

Existe tratamento para curar essas lesões periapicais?
R: Sim, no caso da lesão não inflamatória não precisa de nenhum tratamento, ela desaparece sozinha com o tempo, pois é uma alteração fisiológica do organismo que não traz nenhum malefício. Já as lesões inflamatórias precisa de um tratamento mais invasivo, há uma necessidade de se eliminar todos os microrganismos presente nessa polpa morta, fazer uma limpeza do local e fechamento definitivo para que não haja outra infecção, esse procedimento se chama tratamento endodôntico ou popularmente conhecido como “tratamento de canal”.

Após o tratamento adequando essa lesão desaparecerá?
R: Sim, após o tratamento, leva algum tempo para essa lesão desaparecer completamente, dependendo do tamanho da lesão, pode levar de 6 meses a 2 anos, mas ela desaparecerá e todos os seus tecidos relacionados a lesão vão se recuperar totalmente, assim como mostra a figura 3, um dente com lesão periapical e 2 anos após o tratamento endodôntico a lesão desapareceu e os tecidos estão sadios novamente.

Posso colocar aparelho ortodôntico tendo uma lesão periapical?
R: A movimentação ortodôntica em dentes com algum tipo de lesão periapical crônica é possível sim, não oferecendo nenhum risco ao paciente. Primeiro há uma necessidade de fazer o tratamento adequado para cada tipo de lesão, de 30 a 40 dias após o tratamento o dente já está preparado para sofrer movimentação ortodôntica, pois esta movimentação não induz nenhum tipo de lesão ou compressão de tecido e vasos suficiente a ponto de dificultar o reparo do tecido afetado pela ação das bacterias, não sendo considerado um fator de risco para a recidiva da lesão periapical.

A movimentação gerada pelo aparelho ortodôntico pode causar uma lesão periapical?
R: Não, a movimentação ortodôntica não causa lesão periapical pois a força aplicada no deslocamento do dente é muito pequena e lenta, não afetando o os tecido, pois os mesmos possuem elasticidade suficiente para resistir até deslocamentos muito maiores, como os que acontecem em dentes que atuam como ancoragem do aparelho ortodôntico, eles sofrem uma maior força e não correm risco de desenvolverem uma lesão periapical

Por:
Priscilla Gois Amaral: Aluna do curso de odontologia da Universidade Federal de Sergipe, UFS;

Dr. Luiz Guilherme Martins Maia: Doutor em Ortodontia e Ortopedia facial, Aracaju-SE;

Prof. Dr. Key Fabiano Pereira: Adjunto Endodontia, Campo Grande-MS, UFMS.

Referências:
Consolaro A. Orthodontic treatment does not cause pulpal necrosis. Dental Press

Endod. 2011 apr-june;1(1):14-20.

Consolaro A.Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 6, n. 1 – fev./ma r. 2007.

Consolaro A. Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 1 – fev. /mar. 2008

Curso Gratuito de Invisalign
×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?